#content{ width: 640px; padding: 11px 15px 10px 15px; float: left; display: inline; position: relative; margin: 10px 14px 20px 6px; }

Arquivos: Abril 2013

Versão completa de Ascension of the Spirit


A música Ascension of the Spirit foi a primeira música instrumental gravada pelo Evanescence e pode ser encontrado no Whisper/Sound Asleep EP.
O que muitos não sabem é que acabaram baixando e conhecendo apenas uma versão cortada da música Ascension of the Spirit que possui por volta de 3 minutos e 20 segundos. Na verdade, a música original de Ascention of the Spirit possui 11 minutos e 51 segundos, uma das maiores músicas do Evanescence, apesar da maior parte da música ser tomada apenas pelo silêncio.
O curioso dessa versão completa de Ascension of the Spirit é que aos 2:55 você pode escutar um trecho do filme "My Boyfriend's back" onde ocorre uma pequena fala entre personagens:

"Goodbye son. Be nice to God."
"I made you bologna and mustard, with the edges cut off, just the way you like it"

O resto do instrumental (do qual já estamos habituados) começa por volta de 8:30.

Escute a versão original do instrumental Ascention of the Spirit:


Cronologia dos membros

Com tantas trocas de membros, chegamos a ficar confusos com a formação da banda Evanescence. Confira abaixo a cronologia dos membros da banda!
(Retirado do EvanescenceReference)

1995–1998
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Ben Moody – Electric guitar, bass
1999–2002
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Ben Moody – Electric guitar, bass
  • David Hodges – Piano, keys, backing vocals, drums
2002–2003
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Ben Moody – Rhythm guitar, bass
  • John LeCompt (on tour) – Rhythm guitar, bass
  • Rocky Gray (on tour) – Drums
2003
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Ben Moody – Main guitar, rhythm guitar
  • Francesco DiCosmo (on recording sessions) – Bass
  • Josh Freese (on recording sessions) – Drums
2003
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Ben Moody – Main guitar
  • John LeCompt – Rhythm guitar
  • Will Boyd – Bass
  • Rocky Gray – Drums
2003–2006
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • John LeCompt – Rhythm guitar
  • Will Boyd – Bass
  • Rocky Gray – Drums
2006–2007
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • John LeCompt – Rhythm guitar
  • Tim McCord – Bass
  • Rocky Gray – Drums
2007
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • Troy McLawhorn (on tour) – Rhythm guitar
  • Tim McCord – Bass
  • Will Hunt (on tour) – Drums
2007–2010
  • Amy Lee – Voice, piano, keys
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • Tim McCord – Bass
2010
  • Amy Lee – Voice, piano, keys, harp
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • Tim McCord – Bass
  • Will "Science" Hunt – Drums, programming
  • Will Hunt – Drums
2011
  • Amy Lee – Voice, piano, keys, harp
  • Terry Balsamo – Main guitar
  • Tim McCord – Bass
  • Troy McLawhorn – Rhythm guitar
  • Will Hunt – Drums

Agora uma foto da orquestra Evanescence.
Nem chega a caber todos os membros em uma unica foto

EvFanSites

Hoje o post será um pouco diferente e muito útil.
Segue abaixo links de EvFanSites que tenho salvo nos favoritos do meu navegador. Muitos me perguntam onde acho fotos, notícias novas e arquivos bacanas sobre a banda, esta ai o meu pequeno pote de ouro, onde sempre acompanho a banda (quando não estão de férias) e tudo o mais.

O que fazer com tantos links? Bem, acredito que ninguém tem paciência de abrir todos esses sites todo santo dia procurando por notícias, mas tenho uma solução bem prática para você acompanhar todos esses EvFanSites sem perder muito do seu tempo, veja a minha sugestão para o que fazer com tantos bons sites no final desse post.
Salve no seu navegador, explore os sites e divirtam-se!

- Evanescence - Site Oficial - http://evanescence.com/
- EvBoard - Fórum (inglês)http://www.evboard.com/
- EvFanClub - Fã Clube Oficial - http://www.evfanclub.com
- Evanescence Reference - Um wikipédia do Evanescence http://evanescencereference.info
- EvanescenceVille -Itália - http://www.evanescencewebsite.com/
- Immortal Essence- Brasil - http://www.evanescence.com.br
Evanescence Shadow - Brasil - http://www.evshadow.com.br/
- Frozen Fear - França - http://www.frozen-fear.com/
- NewsEvanescence - Brasil - http://www.newsevanescence.com/
- EvanAtrium - Brasil - http://www.evan-atrium.com/
- EvanescenceFan - América Latina - http://evanescence-fan.com/
- EvanescenceTurkey - Turquia - http://evanescenceturkey.com
- EvenInDeath - Chile - http://evanescencechile.cl/
- EvRockBr - Brasil - http://www.evrockbrasil.com/
- EvTodhttp://evtod.com/
- EvTodBlog -  http://evtod.blogspot.com.br/
- EvanescencePerú - Peru - http://evanescenceperublog.blogspot.com.br/
- EvNewAge - Brasil - http://evnewage.wordpress.com/
- AmyLeeBrasil - Brasil - http://www.amyleebrasil.com/
- EvanescencePeruNet - Peru - http://www.evanescenceperu.net/
- EvRec - Brasil (Recife) - http://evrec.blogspot.com.br/
- MustBeDreaminghttp://mustbe-dreaming.blogspot.com.br/
- EvanHeart - Brasil - http://www.evan-heart.com/
- Evanescence Eve - Japão - http://evanescence.jp/
- EvanescenceNewshttp://news-evanescence.blogspot.com.br/
- EvTicos - Costa Rica - http://evticos.com/
- EvForo - Fórum (espanhol) - http://evforo.net/
- Evanescence Colombia - Colombia - http://evanescencecolombia.com/
- Deusas do Rock - Brasil (inclui notícias de outras bandas também) - http://www.deusasdorock.com/
- EvArgentina - Argentina - http://evargentina.wix.com/fansite
- Evanescence Trh - Brasil - http://evanescencetrh.blogspot.com.br/
- EvanescencePy - Paraguay - http://evanescencepy.blogspot.com.br/
- EvNetBrasil - Brasil - http://evanescencenetbrasil.blogspot.com.br/
- LastFallenAngels - México - http://lastfallenangelsmex.blogspot.com.br/
- LovelyAmy http://lovelyamy.net/
- TheyJustWannaHaveFunhttp://www.ev-comedia.com/
- EvForeverGoth - Brasil - http://evforever-gothic.blogspot.com.br/
- AmyLeepedia - Itália (um wikipédia) http://it.amylee.wikia.com/wiki/Pagina_principale
- EvanescenceYc - República Checa - http://evanescence.yc.cz/
- Evanescence - República Checa - http://evanescence.cz/
- TimMcCord Fan Sitehttps://sites.google.com/site/timmccordfansite/
- EvanescenceBlog - República Checa - http://evanescencesite.blog.cz/
- SanityOfEv - República Checa - http://www.sanityofev.wz.cz/
- John LeCompthttp://www.johnlecompt.com/
- E!E! - EUA - http://exclusiveevanescence.blogspot.com.br/
- EvVenezuela - Venezuela - http://evanescencevzla.com.ve/
- AmyLeeWorld - EUA - http://www.amyleeworld.com/
- EvFanNet - EUA - http://evanescencefan.net/
- AmyLeeNews - Alemanha - http://amyleenews.blogspot.de/
- EvanescenceWorld - EUA - http://evanescence-world.com/
- EvTeam - México - http://www.evteam.com/
- EvaTurkey - Turquia - http://www.evaturkey.com/
- EvanMexico - México - http://www.evanmexico.info/
- CloudNine - EUA - http://www.evanescence-online.com/
- Evanescence - Rússia - http://evanescence.at.ua/
- EvanescenceCroatia - Croácia - http://evanescencecroatia.weebly.com
- AmyDeusa - Brasil - http://www.amydeusa.blogspot.com.br/
- Evanescence - Israel - http://www.evanescence.co.il/
- Evanescence - Alemanha - http://www.evanescence.de/
- Evanescence Rus - Rússia - http://evanescence-rus.ru/
- EvArg - Argentina - http://www.evanescence-arg.com/
- Evanescence En Lineahttp://evanescenceenlinea.blogspot.com.br/
- Evans xx http://xx-evans-xx.skyrock.com/
- Evanescence Gifshttp://www.evanescencegifs.co.nr/
- EvClubSP http://evclubsp.wordpress.com/
- Evanescence Extra - Rússia - http://evanescence.extra.by/
- The Origin Of Evanescence - Rússia - http://origin-evanescence.ru/
- EvanSlipknot - República Dominicana http://evanslipknot.byethost17.com/
- Imaginary Lighthttp://www.imaginary-light.com/
- Fans Medellin - Colombia - http://evanescencefansmedellin.blogspot.com.br/
- Ev-Fan - Rússia - http://ev-fan.ucoz.com/
- Projeto Evanescence - Brasil - http://projetoevanescencebrasil.blogspot.com.br/
- Evanescence Belo Horizonte - Brasil - http://evanescencebh.wix.com/evbh
- Ben Moody - Brasil - http://benmoody-br.blogspot.com.br/
- Evanescenceina - Indonésia - http://www.evanescenceina.com/
- EvanMonterry - México - http://evanmty.blogspot.com.br/
- Evanescence RepDom - República Dominicana - http://evanescencerepdom.blogspot.com.br/
- EvanImmortal http://evanimmortal.com
- Fã da Amy - Brasil - http://fadaamy.blogspot.com.br/
- David Hodges Infohttp://www.davidhodges.info/

Beleza, mas e o que fazer com mais de 50 Fansites?

Eu tenho uma dica muito útil para os usuários do Windows, o programa "Feedreader". 
O que é isso: É um programa para leituras de feeds (leitura de notícias). Você adiciona o site que você gosta de acompanhar nesse programa e sempre que você ligar o computador, no canto direito da tela, o programa irá lhe avisar quais sites postaram e irá lhe mostrar a matéria em primeira mão. 
E é assim que eu faço para acompanhar tantos bons fãsites ao mesmo tempo.
Simples prático e direto ao ponto!
Esta esperando o que? Baixe já o programa Feedreader nesse link e adicione seus EvFanSites favoritos e  nunca mais fique atrasado com as notícias da sua banda favorita!


PSSegue link apenas dos sites que ainda permanecem no ar, lithumbrasil, amylee.com.br, jornalevanescence, amykut, bringmetolife e similares não estão na lista acima pois estão fora do ar. Caso você conheça algum EvFanSite que não esteja na lista, poste o link nos comentários e irei atualizar a lista. 
Aproveite para divulgar seu fã site também!

Entrevista: John LeCompt (Esp Guitars)


Num dia você nunca ouviu falar de Evanescence, e no outro dia: boom! Eles estão por toda parte! O single de estréia, "Bring Me to Life" toca em rádios e na tv a todo momento, graças ao bom som e seu videoclip, com a participção especial do vocalista do 12 Stones, Paul McCoy. O novo single, "Going Under", também faz bastante sucesso
Certamente, tanto a voz quanto o visual de Amy Lee, a vocalista, dão ao Evanescence uma particularidade única na música da banda, mas também existe uma outra particularidade na banda, que seria o guitarrista JOHN LeCOMPT. O John já estava tocando ESPs quando ouvimos falar dele, e agora ele tornou-se um fã oficial da ESP. Ele respondeu algumas questões por email, durante a turnê americana, junto com outra banda fã de ESP, o Cold.

ESP: Seu CD de estréia, Fallen, fez bastante sucesso em pouco tempo, recentemente recebendo o duplo de platina. Isso te pegou de surpresa?John: Não necessariamente. Quero dizer, a popularidade inicial assustou um pouco, mas há dois anos, quando eu viajava de Little Rock à Memphis duas vezes por semana para colaborar com Ben, Amy e David, as demos que eles me mostravam estavam demais. Eu me lembro que depois de ouvir “Hello” pela primeira vez, eu olhei nos olhos do Ben e disse: “Cara, prepare-se para ganhar dinheiro”, porque eu sabia que seja lá o que fosse que o Evanescence precisasse para escrever canções, eles já tinham.

Quais são as músicas que você mais gosta de tocar do CD?"Going Under" e "Whisper" pelo peso, "Bring Me To Life" porque eu sou originalmente vocalista, e então eu canto a parte do Paul McCoy quando tocamos ao vivo, e "Taking Over Me" por minha contribuição no refrão. Mas no geral eu gosto do cd todo pois nada me desaponta. Realmente é um concerto de heavy metal com belos vocais.

Como vocês conseguiram ter a música "Bring Me to Life" na trilha do “Demolidor”?Eu não estou bem certo sobre a ordem dos eventos, mas eu posso dizer que o Mark Steven Johnson (o diretor do filme), estava procurando algo exatamente como o Evanescence bem antes de saber que a banda existia. Ele sentiu que a personagem “Elektra” precisava de algo para engrandecer sua feminilidade, e precisava que a música também a caracterizasse como uma heroína em ação durante as cenas escuras e de ação. As canções “Bring me to life” e “My Immortal” foram apresentadas à ele pelo nosso empresário Dennis Rider, e o Mark soube sem dúvida que o Evanescence era o que ele estava procurando. Eu pessoalmente acho que foi uma excelente escolha.

Como você e o Evanescence se juntaram?
Eu estive na cena de Little Rock por muitos anos tocando em bandas como Mindrage e Killsystem. O Ben Moody costumava nos ver tocando e nos apoiava religiosamente. Através do meu baterista do Mindrage e outros amigos em comum acabamos nos conhecendo. Depois que o Mindrage se dissolveu, em meados de 99, eu recebi um chamado para tocar com o Evanescence em Nashville. Parecia uma boa idéia pra mim no momento, então eu fui. O show que fizemos era um concurso para ganhar equipamento e nós perdemos, mas todos sentimos a química que tínhamos ao vivo e decidimos que se algo acontecesse com o Evanescence no futuro, eu faria parte. Nós conversamos bastante naquele fim de semana sobre a importância de sentir como se fôssemos uma família e não ter apenas músicos contratados para tocar nos shows. Eles são definitivamente como uma família pra mim e a química depois de todo esse tempo é recíproca.

Como surgiu seu interesse pela música?
Minha verdadeira introdução à música, vindo do ecletismo dos meus pais, foi uma fita de 8 faixas do Judas Priest, "Sad Wings Of Destiny". Eu ouvia toda noite depois que meu pai fechava sua lojinha no seu bar-restaurante. Seu amigo Randy considerava-as uma espécie de hino. O belo trabalho e as progressões melódicas na fita eram tão incríveis. Esse provavelmente foi o motivo pelo qual eu sempre fui movido a tocar metal, porque eu queria capturar aquela emoção que não é apenas o vocal que mantém.

O que fez você decidir começar a tocar guitarra?Eu comecei a tocar guitarra porque por volta dos meus 10 anos, rock tinha se tornado tudo pelo que eu me interessava. Eu pedi para o meu pai me dar uma guitarra e ele me deu um baixo. Eu não tinha interesse nenhum em descobrir como aquela coisa enorme funcionava então eu devolvi a ele (depois de ter estourado as cordas ao tentar tocar). Quando eu tinha 2, eu consegui uma guitarra Peavey T-60 guitar e um amplificador Fender Champ combo de natal. Eu fiz algumas aulas com meu professor de astronomia no colégio e aprendi o estilo folk, tipo “House of the rising sun”. Depois disso, "Shout At The Devil" do Motley Crue me ensinou tudo o que eu precisava saber sobre guitarra.

Quais guitarras ESP você está usando atualmente?Eu estou tocando a F-300FM e a EC-1000, assim como a Viper-301, H-301 e a H-307, de 7 cordas.

O que você gosta nelas?Eu toquei B.C. Rich e Charvel ao longo do final dos anos 80 e pelos anos 90. Eu tenho que dizer que a tonalidade das ESP são superiores. Os captadores, EMG-HZs e EMG-81s, são muito bons e o corpo delas tem uma sustentação melhor do que as guitarras que eu estava acostumado a tocar. Além do mais, as ESP tem muito mais opções de design que outras no mercado. Quando eu toco minha Viper, eu me acho o máximo.

Você usa algum efeito?Os únicos efeitos que eu uso são um pouco de Delay e Reverb. Às vezes algum Tremolo e Wah. Eu uso apenas no meu canal limpo. Meu canal metal é só metal, o tempo todo. Nenhum efeito ruim lá.

Entrevista: Meu ano (2003) Amy Lee


Ela não tem medo de urinar numa rua lotada, é um pouco de pirata e de mulher de negócios perspicaz - existe mais na cantora do Evanescence do q aparenta.


OI AMY, e ai, como foi 2003 pra você?
- Eu entrei nesse ano de olhos bem abertos e me perguntando o que iria acontecer e eu estava realmente ansiosa. Mas tudo ocorreu tão bem quanto o sucesso da nossa banda. É tudo o q um artista pode querer.

Qual foi o ponto de maior luz?
- Esse ano tem sido uma queima de fogos, então não tem ponto alto. Eu sinto como se todo o trabalho tivesse finalmente recompensado.

Você marcou algum ponto negativo?
- Foi na Romania para a primeira gravação do nosso primeiro vídeo  Ben [Moody, guitarrista] pediu um prato q parecia bife espremido de uma pasta de dente. Era todo marrom e bruto e nojento com um lado de alface. Éca!

Você comeu?
- Não. Fiquei com medo de morrer.

Algum outro momento desafiando a morte?
- Bom, eles me jogaram do prédio naquele vídeo...

De verdade?
- Não. Mas teve uma vez q eu entrei no ônibus da turnê depois do show. Não estava trancado e um cara grande e bêbado saiu da multidão e entrou. Ele disse tipo Hey! Vocês são demais!" e eu tipo "Claro, claro, mas sai do ônibus!". E eu me virei e corri para as escadas do salão.. Que bom q nosso empresário chegou e tirou o cara.

Você se garante numa briga?
Eu sou muito de defender as pessoas q amo. Eu faria qq coisa pelos meus garotos ou minha família e eu iria quebrar alguém se fosse preciso. Eu não tenho medo de bater num cara. Eu já fiz isso.

Quebrou algo? [nota: na entrevista o cara pergunta mais tipo: "Fez um barulho de quebrar algo?"]
Acho que não. Tudo o que você vê nos filmes é tão mais bobo e difícil que na vida real. No começo dá um sentimento de heroísmo, e ai você fica com medo e se sentindo culpada. Eu amo, não luto.

Alguém com quem gostaria de lutar agora?
Ben Moody. Eu descobri que somos pessoas totalmente diferentes. Eu sempre soube q éramos diferentes, mas agora eu sei q somos o oposto. Eu iria quebrar ele. O bem sempre vence no final.

Qual foi o melhor filme que viu esse ano?
Eu amei "Piratas do Caribe". Eu sei q já é uma história manjada, mas tem tudo, perigo, aventura...

Johnny Deep?
Não é só isso! Tem uma história de amor também e é tão legal e divertido. Um ótimo filme. Mas o Johnny realmente roubou a cena. E ele tava tão bonito.

Você se identifica com aventureiros?
Eu sinto como se eles tivessem na mesma linha de trabalho que eu. Um monte de pessoas sujas que não querem um trabalho de verdade, mas acabam trabalhando 10 vezes mais. Somos um monte de piratas de coração.

Qual foi a pior coisa que você viu em 2003?
Aquele beijo da Madonna no VMA's. Foi tão mau feito e sem sentido pq foi só para ela ganhar as primeiras páginas. Não fez nada para ajudar o homossexualismo e as lesb... qual a palavra mesmo?

Lesbatronicas?
Isso! (risos) Se tivesse uma razão por trás do que ela fez, eu estaria apoiando, mas foi só para ganhar a atenção da mídia. Todo mundo na premiação ficou só virando os olhos quando ela fez aquilo.

Você trabalharia com a Madonna?
Não, eu acho q ela já teve sua época e eu não a respeito. Estamos totalmente em mundos diferentes.

Você é uma material girl?
Só quando eu estou no comando!

Qual o pior cheiro do ano?
Ai, meu Deus! Will Boyd, nosso baixista. Todos nós saímos para festas e beber, mas você acorda de manhã e ele nem tomou banho e é tipo "Meu Deus!". Quase fez um dos meus amigos vomitar uma vez. A gente chama de "The Will Funk" ou "A essência de Will".

Você festejou bastante esse ano?
Totalmente! Nós fomos a uma festa com o Finger 11 e eu tinha de fazer xixi... Tinha umas 50 pessoas em volta e eu não sei porque eu simplesmente não fui para o meu ônibus, mas eu simplesmente fui e fiz no meio da rua. Isso é considerado muito rock'n'roll já q sou uma garota. Caras fazem em qualquer lugar, então não conta.

Foi tudo uma grande festa?
De jeito nenhum. Eu tenho de ser uma mulher de negócios também. Não tem outro jeito de se conseguir controle sobre o que você está fazendo. Essa indústria é tão distorcida. É selvagem e sempre foi. Eu gostaria de poder fazer minha música, mas eu aprendi q tem muito mais a "musicalizar" que isso. Você não acreditaria em algumas histórias terríveis!

Algum sonho seu virou realidade?
Sim. Eu conheci a Bjork. Ela é um dos meus ídolos. Eu nunca tinha visto ela tocar ao vivo, mas eu tinha escutado seus trabalhos por tanto tempo e estudado suas letras até o ponto q eu sentia q a conhecia. Eu não acho q ela tinha alguma idéia de quem eu era então ela disse "Por que você não fica para um champanhe?" e eu senti como se fosse desmaiar então eu só disse a ela q precisava ir e chorei todo o caminho até minha sala. Eu era a maior nerd! Ela sempre estará num pedestal para mim. É estranho, mas eu não conseguia imaginar ter ficado...

Entrevista: Ben Moody


Depois de tocar no primeiro show na Nitendo Tour, o que você espera do que vêm por aí?
Eu acho que vai ser ótimo. Acho que o grupo se encaixa perfeitamente. Eu amo revis. E agora estou me familiarizando com Cauterize, eles parecem que destroem. Cold é uma banda que destrói.

O quão satisfatório os últimos meses têm sido? Tem sido ótimo. Estamos dando duro. Estivemos em um monte de diferentes países nos últimos meses. Viajamos muito pela Europa. Japão, Austrália. Tem sido muito enérgico, mas também muito gratificante.

Eu li que "Bring Me To Life" começou mais melodiosa, com mais piano e lentamente progrediu para o que é hoje. Vocês sabiam que isso seria algo tão grandioso quando a escreveram?
Não. Você nunca sabe. Na verdade não era uma música de piano. Era mais programação e guitarra e tudo mais. Nós apenas adicionamos o piano para soar mais cinematográfica para o filme. Não, não sabíamos... você nunca sabe coisas desse tipo. Você não consegue prever o que será sucesso e o que não será. Você apenas dá o melhor de si, cruza os dedos e tem esperança.

Eu li no web site onde você diz que você e Amy "têm a mesma visão", o que você quis dizer com isso? Nós dois amamos as mesmas coisas na música. Desde o começo só queríamos uma banda que tivesse tudo o que amamos na música e mais. Não podiamos conseguir tudo o que queríamos de apenas uma fonte. Nós apenas nos dispomos a fazer isso.

Aonde você conheceu Amy a primeira vez? Eu tinha 14, ela tinha 13. Nos conhecemos no acampamento de verão. E então começamos a andar juntos e discutir música e percebemos que tinhamos muito em comum, e você sabe, naturalmente começamos a tocar juntos e a compor. O resto é como dizem, história. Aconteceu naturalmente.
Que emoções você busca quando compõe? Honestamente, depende do que estou sentindo no momento. Se estou put* com algo, eu tento expressar isso. Se estou triste ou com raiva, é apenas o que eu sinto. Às vezes é alegria, eu tento liberar isso, você sabe, um jeito de mostrar isso. Depende do que estou sentindo.

Você acha que hoje em dia dão muita importância ao que é colocado na radio e no vídeo e não o bastante na composição e no talento puro?
Definitivamente. Eu acho que dão muita importância no quão maravilhoso é seu bronzeado, ou no quão perfeito é seu cabelo ou como faz suas batidas, ao invés do que no que suas letras significam. É uma pena porque, antes do vídeo  você vê, eu amo videos, eu amo Mtv. Eu amo TRL. Mas é uma pena porque antes dos videos, era tudo focado na música. As pessoas não davam a mínima para como você é (fisicamente). assim como diz na música, o vídeo matou as estrelas da rádio. (risada)

Temos um DJ aqui que sempre se refere a Amy como "gostosa" antes de tocar alguma de suas músicas. Você acha que esses insultos estereotipados dificultam o respeito pela banda?
Sim, Dificulta porque, você sabe, a maioria desses caras pensam com seus pênis ao invés do cérebro e isso porque é a única coisa que eles têm para pensar. É como no KROQ New York, um imbecil veio se apresentar a nós no Webster Hall e praticamente disse que iria se masturbar umas 8 vezes com a foto da Amy mais tarde aquela noite. Eu fiquei tipo, você sabe, "ah, que ótimo! Espero que se divirta bastante e reze a Deus para que eu não esbarre em você em algum beco, porque você não está somente desrespeitando Amy, mas desrespeitando a mim e minha banda." Achamos que dificulta, mas ao mesmo tempo, essas pessoas nos beneficiam. Apenas vagabundos. É o que eles são. Se tudo o que você nota numa banda é o quão gostosa a cantora é, então tenha uma vida miserável. Porque temos muito mais a oferecer do que o rosto de Amy, vou te dizer.

Qual seu objetivo como músico? É auto-satisfação ou há algo mais? Acho que minha auto-satisfação. Quero ser honesto com o que faço. Quero ser honesto com a música que faço e quero fazer músicas que as pessoas possam se identificar. Quando já está tudo dito e pronto, é legal também... É legal ser bem sucedido e coisas assim, mas na verdade é como se eu tenho a esperança de ter deixado algo que alguém em algum lugar irá se identificar e isso irá ajudá-lo de alguma forma. Tipo quando você morre, você deixa uma marca, você fez algo, você sabe. Porque é exatamente essa minha única tentativa de fazer algo que valha a pena.

O que anda escutando esses dias? Eu escuto bastante Nine Inch nails e Manson. Eu sempre fui um fã de Metallica e sempre serei. Eu escuto bastante glam, muito glam dos anos 80 e uma tonelada de Hans Zimmer.

Descreva o sentimento que tem quando as luzes se apagam e vocês tomam seus lugares no palco e o público vai a loucura.
Oh cara. Não dá para descrever. É tipo ah .. Não sei, por um momento tudo no mundo está certo. É muito legal. Não consigo descrever. É perfeição.

O quanto isso é diferente quando você experiencia isso como fã? Ver sua banda favorita é uma experiência única, mas estar no palco é o epítome da vida. É o que todo garoto de 14 anos sonha. Você quer ir até lá e ser um rock star. Estar no palco e ver as pessoas gritando as palavras da sua música e as luzes por todo o lugar e a fumaça e tudo. É arrebatador. Eu acho, na minha opinião, que é melhor que ver sua banda favorita tocando ao vivo.

O que há de errado no mundo do rock hoje em dia? Eu não acho que há muito de errado para ser sincero com você. Música é música, cara. Algumas pessoas acham que uma época específica da música é uma droga. Bom, se ninguém não gostasse deles, eles não estariam lá, sabe. Como todas essas pessoas que odeiam grunge. É tipo, você sabe, o grunge teve seu lugar. Eu não acho que há muito de errado no rock hoje em dia. É eclético, você tem pop, você tem rock. Você tem todo tipo de merd*. Acho que é do jeito que deveria ser.

Se pudesse escolher alguém para dividir o palco, do passado ou presente, quem você escolheria? Eu iria amar tocar com o Tool. Também amaria tocar com Jimi Hendrix. E também com Neil Young. Artistas assim.

Obrigado por falar comigo num prazo tão curto Ben. Ótimo cara. Obrigado pela entrevista.
Estou aguardando o show. Claro, eu mal posso esperar.

Entrevista: Amy Lee (Blender)


Blender: Está quente aqui dentro, ou é você?
Amy: Sou eu. Mas meu apartamento é um pouco quente também.
B: Em que idade você era pouco 'gostosa'?
Amy
: 13. Eu usava aparelho, meu cabelo era volumoso, eu estava um pouco acima do peso e me odiava.
B: Qual é o seu conselho para as pessoas lá fora que querem ser gostosas?
Amy: Trabalhar muito. Você não nasce gostosa. Eu me esforcei bastante e cheguei aonde eu queria.
B: Quem está na sua lista de mais quentes?
Amy: Keane. Eles têm um som mais suave do que eu costumo ouvir, mas são muito bons.
B
: Quente ou não. Tópico quente?
Amy: Mmm...quente. Eu ainda consigo coisas lá.
B: Falsos fãs?
Amy: Ha-ha-ha! Definitivamente não. Eu sou uma grande fã da 'spray-on white'!
B: Cocaína?
Amy: Não, não mesmo.
B: Paris Hilton?
Amy: Foda-se ela, não! Não, não é quente! Meus anos me dizem para não ser má com ninguem.
B: Frase de efeito quente?
Amy: "Tire esse milho da minha cara", do 'Nacho Libre'. Eu sou obssessiva pelo Nacho Libre. É estúpido e ótimo.
B: O que você irá fazer quando inevitávelmente deixar de ser gostosa?
Amy: Eu pretendo ter 4 gatos, vestir meu suéter roxo favorito permanentemente, tricotar roupinhas pros meus gatinhos e baixar uma cestinha de biscoitos na minha janela para assustar criançinhas.

Você sabia? God's Gonna Cut You Down


Em 2006 Amy Lee fez uma participação especial para o vídeo God's Gonna Cut You Down (Johnny Cash). Ela aparece rapidamente no vídeo junto com vários outros artistas conhecidos que foram convidados para gravar o clipe.

Veja o clipe logo abaixo:


Entrevista: Amy Lee


(AmyLeesada diz: Uma entrevista com boas curiosidades, uma das minhas favoritas.)

A líder gótica do Evanescence empurra seus fãs a um “mundo de medo”.

Onde você está, e o que pode ver?
Estou em Council Bluffs, no Estado de Iowa (EUA) para um show, e posso ver uns 10 seguranças lá fora, numa pausa para fumar, descansando por que eu não estou lá me metendo em confusão.
Tem alguma parte do seu corpo que você esconde durante o verão?
Eu tenho uma cicatriz no meu ombro sempre tento cobri-la. É muito nojenta, eu a odeio. Todo mundo pensa que ela é uma grande lombriga ou algo do tipo. Eu dei um nome para ela, Charlie e estamos nos dando bem melhor agora do que costumávamos.
Qual esporte deveria ser incluído nos jogos de verão?
Backgammon. Eu arraso nesse jogo.
Alguma vez você já foi mordida por alguma criatura marinha?
Sim, certa vez uma água viva, passou na minha orelha. Só me lembro de deitar na areia e ficar chorando, meu pai espirrou um monte de coisas no meu ouvido. Espere... isso pode ter soado meio estranho, quero dizer creme de babosa, meu pai não urinou em mim!
Já se lamentou de ter tido um romance de verão?
Eu acho que não. Os relacionamentos que eu lamentei, duraram por anos.
Qual a música que você menos gosta do Beach boys? Dica é “kokomo”.
Eu gosto dessa música. Eu era uma garotinha quando essa música surgiu e geralmente nas festas de pijamas todos meus amigos dançavam e inventavam os passos. Era uma música para crianças legais, mas eu não era legal o suficiente para saber.
Qual foi o pior trabalho de verão que você já teve?
Uma vez tive que cuidar de umas crianças que eram terríveis. E quando digo terrível, quero dizer como, por exemplo, uma delas sentou na caixa de areia para animais. Ele era bem treinado, sabia o que estava fazendo, ele estava só sendo mau comigo.
Quais foram as suas piores férias em família?
No último verão. Minha família foi para um lugar na Flórida chamado “Perdido Key”. Muito parecida com a região de Redneck Riveira. Eu tive alguns dias livres, então fui visitá-los, chegando lá tinha apenas um quarto de hotel para 6 pessoas dividirem. Eu tive que dormir no pulôver do sofá junto com meu irmãozinho que costuma dormir de atravessado e que te chuta na cara. Foi apenas uma pequena pausa da turnê fiquei acordada a noite inteira. Foi muito pior do que o ônibus da turnê, mas esse tipo de “dificuldade” é legal você acaba lembrando para sempre.
Então Princesa da Escuridão, alguma vez já urinou na piscina?
Eu tento não fazer disso um hábito, mas quando criança com certeza. Se você nunca urinou numa piscina você nunca viveu de verdade.
Porque deveríamos deixar ar condicionado de nossas mansões para vê-la tocar o Family Values Tour nesse verão?
Porque ficar sentado no sofá é muito chato. Vai ser muito divertido - serão 10 bandas, vai ser um prato cheio para vocês. Acho que muitos dos nossos fãs vão ficar com medo dos fãs do Korn, o que é bom. Por que eles precisam ser empurrados para um mundo de medo.

Você sabia? Evanescence no programa "Fantástico"


Nos posts anteriores publiquei alguns vídeos de entrevistas que a banda concedeu para redes de televisão brasileiras na sua passagem pelo Brasil em sua turnê do The Open Door, o que muitos fãs esqueceram ou não sabem, é que essa não foi a primeira vez que o Evanescence teve destaque em rede de televisão brasileira em canal aberto.
Sem pré-anúncios, o programa "Fantástico" da Rede Globo fez uma entrevista e uma pequena matéria sobre a banda que estava no auge do sucesso. A entrevista surpreendeu muitos fãs na época, inclusive quem esta escrevendo esse post.
A entrevista aconteceu pouco tempo depois da saída do baixista Will Boyd.
Sem mais delongas, assista a entrevista logo abaixo!


PS: Esse post foi em especial para você @AmyPadaLee ;D

Entrevista: Amy Lee - "A diversão tinha acabado"


A voz de Evanescente e seu novo grupo.

Num dia frio e chuvoso, a americana Amy Lee (25), vocalista da banda Evanescence, parece estar de bom humor. É uma vantagem para nós, porque queremos discutir certos assuntos sérios com ela. Em maio, ela despediu ao guitarrista John LeCompt e por conta disso o baterista Rocky Gray também se foi.

"A diversão tinha acabado", explica Amy Lee, "John e Rocky não tomavam parte do processo criativo. Isso os fazia infelizes, porque deviam tocar composições de outras pessoas. Após um tempo, a gente percebeu que já não estávamos bem ao tocar juntos".

O baterista Will Hunt e o guitarrista Troy Maclawhorn chegaram como substitutos. "Os pegamos emprestados da banda Dark New Day. Eles apreciam ser parte de Evanescence. Cada um de nós acha que é genial tocar juntos. Estranhei esse sentimento por um tempo", diz Amy.

Não se trata da primeira mudança na formação da banda. Há um tempo o co-fundador do grupo, Ben Moody (guitarra), e o baixista Will Boyd decidiram se sair. "Você pode comparar uma banda com um casal. Chega um momento em que o ramerrão do dia-a-da aparece". Seria Lee uma pessoa complicada de se trabalhar? Ela contesta: "Há muitas bandas que têm problemas. O Evanescence não é uma exceção. Quantas bandas seguem tocando com sua formação original?".

Pelo menos Lee aproveita outra vez estar sobre o palco. E nos próximos meses, o grupo permanecerá na Europa com a Family Values Tour. Depois disso, Lee começará a trabalhar no disco que sucederá o "The open door", que foi lançado em outubro passado.

"Tenho algumas boas ideias, mas sempre acho difícil compor durante uma turnê. Preciso de um piano quando componho. Às vezes tenho uma boa ideia para uma canção e gravo-a só com minha voz, então posso trabalhar nela quando estou em casa. Mas vai demorar um bom tempo até eu estar em casa novamente", conclui.

Você sabia? Trilha sonora do filme Underworld

Você sabia que o Evanescence não participou apenas da trilha sonora do quarto filme de Underworld (Awakening) (em porguês, Anjos da Noite - O despertar) mas também do primeiro filme lançado?
Como todos sabemos, a banda contribuiu com a trilha sonora do quarto filme de Anjos da Noite com um remix de Made Of Stone (chamado de Renholder Remix) que pode ser visto nos créditos finais do filme, escute a música no vídeo abaixo:


O que muitos EvFans não sabem, é que essa não foi a unica participação do Evanescence na trilha sonora de Anjos da Noite. No primeiro filme Underworld (2003), Amy Lee contribuiu para três músicas da trilha sonora, são elas "Now I Know" "Down In The Lab" e "Death Dealer's Descent". Amy gravou o vocal para essas música, mas, infelizmente, por motivos legais (desconhecidos pelo público), tiveram que remover o vocal dela, mas nem por isso ela deixou de ser creditada no filme, já que ela ajudou com essas músicas.

Veja os créditos:


Caso tenha achado interessante, segue link para download da trilha sonora do filme, basta clicar aqui.

6 anos de Evanescence no Brasil: Fotos

Hoje completa 6 anos que a banda Evanescence esteve pela primeira vez em solos brasileiros.
Veja algumas fotos que muitos fãs não conhecem ou não lembram mais.

Evanescence com a banda Luxúria (atual Megh Sotck)

Evanescence & Pitty

Foto tirada pela banda

Foto tirada pela banda

Foto tirada pela banda

Destaque: Biografia Evanescence

Um projeto trabalhoso e diferente, é assim que defino o Biografia Evanescence.

Idealizado por Thiago Muniz, EvFan há muitos anos, o Biografia Evanescence trás o objetivo de reescrever a história do Evanescence, todas as fases, polêmicas, detalhes e curiosidade da banda ao longo dos anos.
Além de ser uma ótima leitura, o EvFan idealizador do projeto escreve muitíssimo bem, com um toque especial e diferente a cada novo post, não deixando que a biografia se tornar cansativa.

Recomendo e apoio esse projeto!

Conheça um pouco mais sobre o Biografia Evanescence clicando aqui.

(Vale lembrar que essa é não é uma biografia oficial da banda)

Entrevista: Sabah (Jornal da Turquia)


Vocês tiveram uma ótima entrada com "Bring Me to Life" em 2003. Qual é o segredo para chegar aos amantes do rock?
Wow! (Risos). Na verdade, não temos nenhum segredo, eu escrevo para mim. Sempre quis comunicar a verdade e os sentimentos através de meu coração. Graças a isso, posso ter conexões a nível espiritual com meus fãs. Temos muitos fãs em todo mundo, a maioria deles não fala inglês. Mas a linguagem comum pode sentir o espírito de nossa música. É suficiente o bastante ser honesto com tua música e consigo mesmo.

Vocês sempre dizem que teu primeiro álbum foi o "Fallen". Qual é a razão por não aceitar teus álbuns anteriores "Origin" ou "Whisper EP"?
Porque estes álbuns eram como uma imitação. "Fallen" foi nosso primeiro disco de estúdio. Antes dele, tínhamos demos que havíamos feito em nossas casas. Fizemos e vendemos 2.000 cópias para que as pessoas conhecessem nosso nome um pouco. É por isso que consideramos o "Fallen" nosso primeiro álbum.

Logo após que o Evanescence surgiu, Ben Moody deixou a banda, Terry precisou de um repouso por conta do derrame. Em seguida, Will Boyd saiu. E por último a separação de John LeCompt e Rocky Gray. Como você interpreta esses fatos? Ser azarada? Uma espécie de maldição? Ou alguns deles foram tua decisão?
Terry ainda está na banda. Teve um derrame e um milagre, recuperou-se disso. Na realidade há uma grande diferença entre estar fora e dentro [da banda]. Estas coisas parecem más para as pessoas mas são boas para Evanescence. Mas a separação de John e Rocky foram duras para a banda. Foi difícil escrever o "The Open Door". Tentamos escrever juntos para o álbum mas seus trabalhos não são para o Evanescence! E não contribuíram nada com a banda. Após isso, foi muito tenso. Para salvar-nos a nós mesmos, tivemos que separar caminhos com Rocky e John. As canções que fizemos com Terry foram as melhores que já havíamos feito para a alma do Evanescence.

Você está casada com teu terapeuta. Está pensando em ter um filho? Ser mãe, se afastar da música?
Não num tempo próximo, mas quero ter um filho, uma família. Nesta situação, não acho que possa ter uma vida normal. Antes de entrar de cara nesses planos, só quero seguir com o que estou fazendo agora por um tempo. Mas antes da decisão do bebê, quero ter um longo descanso. Antes da maternidade, quero me focar mais em meu marido e em mim, não tanto no Evanescence.

Qual é o sentimento de tocar num lugar que une Ásia e Europa?
Realmente fantástico! É incrível estar em Bosphorus. Este lugar não se parece com nenhuma cidade que eu já tenha visitado antes. Não sabia o que esperar antes de vir, mas excede nossas expectativas. É tão emocionante fazer um show entre dois continentes.

(AmyLeesada diz: Deixem suas opiniões sobre as referências que a Amy deixou sobre John e Rocky)

Você sabia? A estrela Evanescence

Em 2007 os membros do Evanescencewebsite se reuniram e resolveram dar um presente um tanto diferente para banda. Eles registraram uma estrela com o nome "Evanescence" como uma resposta à música "Your Star" do álbum The Open Door.
"Now... We can see your star"

Confira fotos do documento.










AmyLeesada diz:


100 acessos em menos de 10 minutos! wow

Espero realmente que todos possam participar para recriarmos o extenso acervo do Evanescence. Não vamos deixar essa banda morrer, vamos resgatar cada centímetro da história dessa banda juntos.

Sugestões, ideias, críticas e opiniões serão SEMPRE bem vindos! Eu realmente conto com o apoio de todos vocês. Vamos debater sobre assuntos nunca acabados e polêmicos da banda, tentar entender o que levou o Evanescence a ter mais uma pausa.
Comentem pessoal, divulguem e participem do blog.
Como são várias entrevistas, irei postar uma entrevista por dia para que todos possam acompanhar. Salve no favoritos do seu navegador os artigos ainda não lidos, depois de ler, deixe sua opinião ou sua parte favorita da entrevista nos comentários.

Participem enviando também materiais para o amyleesada@gmail.com

Entrevista: MMN - Evanescence (Amy responde)


(AmyLeesada diz: Essa é uma das minhas entrevistas favoritas. Enjoy!)



Nós sentamos com Amy Lee, cantora do Evanescence, para uma ótima e única entrevista. Tentando nos manter longe das perguntas que todo repórter pergunta pra ela e para a banda durante sua longa carreira, e acredite, eles já estão ai por um tempo. Evanescence tem um som que muitos, como eu, aguardávamos por muito tempo, hard rock com batidas e uma poderosa voz feminina.

Filme favorito? Ah, fala sério... É uma pergunta impossível, eu amo assistir filmes-comédias, eu amo o Steve Martin e Tom Hanks.

Ok, e quanto ao drama? Donny Darko, eu diria, é fantástico.

Qual foi seu pior emprego? Eu só tive um ou dois empregos. No colegial eu fiz teatro e algum trabalho com a voz, mas eu nunca vendi sapatos ou coisas assim, eu fui babá de crianças em alguma época também.

Você já tem 21 anos agora... Qual a sua bebida favorita? Eu não sou muito de beber, mas se eu tiver de escolher, eu gosto de um copo de vinho e eu prefiro o branco.

Cereal favorito? Eu não gosto muito de cereal.

Do que vc gosta? Bacon e café, mas na verdade eu não tomo café da manhã, porque eu normalmente durmo até a tarde.

Você teve algum treinamento formal de voz ou você nasceu com o dom?
–risadinha-, um dom! Não, eu venho de uma família mutio musical e nós cantávamos juntos então nunca era estranho cantar.

Férias dos sonhos? Eu amo o clima tropical, qualquer lugar que tiver uma praia legal e não muito quente, eu gostaria de ir para algumas dessas ilhas orientais,

Nascer do sol ou pôr-do-sol? Eu apenas vi um nascer do sol umas 4 vezes na minha vida, então eu digo pôr-do-sol, porque eu nunca o vejo [nascer do sol] a não ser que eu fique acordada a noite toda.

Ok, agora algumas perguntas de situações...

Você está na fila de pagamente de uma loja e tem uma velhinha na sua frente cavando a própria bolsa porque ela sabe que tem o trco certinho, o que você faz? Procuro por outra fila.

Você não daria a ela um dolár para poder ir mais rápido? OOO, olha, eu sou muito desligada, eu nunca pensaria nisso. Eu sempre quero ajudar as pessoas, mas também, você sempre quer ser cuidadoso com pessoas idosas porque você não quer que nada pareça desrespeito, então eu deixaria ela fazer o que ela quiser e esperar.

Ok, você está no zoológico. Eu amo o zoológico!

Tem uma tartaruga virada de costas e um leão que está prestes a devorá-la, o que você faria? Gritar até o limite dos meus pulmões, tipo, eu iria querer salvar a tartaruga, mas eu não seria estúpida o suficiente de sacrificar minha vida pela dela, mas também eu iria ficar aterrorizada de ver a tartaruga ser devorada então eu iria tentar buscar ajuda.

O que um leão está fazendo na jaula da tartaruga? Isso, exatamente!

Amy é facilmente a artista mais legal que eu já tive a oportunidade de entrevistar e eu desejo a ela e a banda toda a sorte do mundo.

Entrevista Amy Lee: Rock Hard Magazine


Sua vida mudou desde que você se tornou uma rock star?
Não sou uma rock star, mas uma garota comum. É muito importante manter os pés no chão. Mas eu me sinto muito mais estressada agora, porque eu tenho de me preocupar com todo tipo de coisa e cuidar dos negócios. Isso destruiu algumas das minhas ilusões. Mas eu aprendi e tentei não me tornar amarga e fazer um trabalho decente. Eu eu o estou fazendo muito bem.

Você gosta do mundo que você vive agora? Shows, premiações, estar sempre cercada de estrelas, hotéis exclusivos ...
As vezes. Eu amo estar no palco e tocar em diferentes cidades. É ótimo ver pessoas q tem outra língua, mas cantam junto com a gente - não há nada mais gratificante para um artista. Você trabalha nas suas músicas e as as pessoas as aceitam em um nível tão alto, é maravilhoso! Música é uma língua universal.
Porém, por outro lado, não tivemos mais de 2 semanas de folga desde Janeiro. Estamos constantemente em turnê e eu comecei a ficar cansada. Eu gostaria de dormir na mesma casa por algumas noites e ter meus amigos a minha volta. Quero cozinhar para minha família. É o que quero de aniversário. - infelizmente temos show marcado para esse dia.

Você tem medo de esquecer suas origens as vezes?
Não, isso nunca irá acontecer. Eu nunca serei uma pessoa diferente. Talvez uma pessoa melhor - Eu gostaria de evoluir...

Você consegue entender estrelas como a Mariah Carey que não querem mais descer escadas e pedem uma limousine para uma distância de 100m?
Eu não sei o q se passa na cabeça de uma pessoa dessa. Eu já vi pessoas assim, mas não conversei com elas - não teríamos nada para conversar, é outra mentalidade. Como você saberia quem é seu amigo de verdade? Todo mundo tem medo de dizer algo errado porque teme perder o emprego. Eu não seria capaz de aguentar isso. Eu quero q as pessoas me digam quando estou errada.
Muitas estrelas se deixam levar por sua imagem em algum ponto e se perder nela. A imagem q você projeta nunca pode ser uma substituta para o seu verdadeiro eu - as pessoas são muito complexas para isso. Uma chamada "diva" quer sempre ser perfeita. Estão maquiadas quando aparecem na Tv - aquilo é totalmente falso. Como uma superstar  você sempre está perfeita e sempre diz a coisa certa. Então os fãs têm uma certa imagem, mas não é real. E na verdade, isso é o q que você deveria saber sobre si mesma. Afinal de contas você estava presente quando eles passaram maquiagem nas espinhas da sua bunda.

É estranho ter uma renda alta agora?
Eu ainda nem pensei muito sobre isso. Eu estou muito ocupada para ir fazer compras agora. Porque comprar um barco se eu nem posso usá-lo?Mas eu realmente gostaria de comprar uma casa quando tivermos uma folga no final do ano. Nada muito grande, mansões pomposas claro... só uma casinha para eu e meu gato. Eu tive de dá-lo para amigos antes de começar nossa turnê - partiu meu coração.

Vc ficou surpresa qto ao seu gde potencial de transição? Vc agrada aos metaleiros, assim como aos góticos, fãs de rock e pop.
Não e eu acho q é pq aceitamos todos os estilos; Eu escuto música de todos os gêneros e meus amigos não são todos da mesma tribo. Tem mtas pessoas de visão limitada no mundo. Nós tentamos ter a mente aberta e não condenar ninguém. Se a música me toca de alguma forma, eu irei escutá-la.

Você acha que, comercialmente, você e sua banda estão no auge da sua carreira? Ou irá mais longe ainda?
Eu estou ciente do quão transitório o sucesso pode ser - especialmente no mundo da música. Apenas assista a MTV por algum tempo e perceba quantas bandas surgem do nada e são banidas pouco tempo depois. Se tudo acabar logo e 2003 foi nosso ano - eu estaria feliz com isso. Eu acho q demos um impacto. É um ótimo começo p/uma carreira. Eu gostaria q nos tornássemos uma daquelas bandas imortalizadas que nada pode abalar. Mas isso é algo que não pode ser planejado - é algo q simplesmente acontece muito muito raramente. Estou sendo completamente honesta quando digo q sucesso não é a coisa mais importante para a gente. O que conta é que podemos gravar nossa música. E se algum dia, não milhões, mas apenas centenas de fãs escutarem - está tudo bem. O principal é que podemos fazer o q é importante para nós. Se essa parte da minha vida acabar, eu estarei satisfeita porque eu tenho muitas coisas em mente - coisas fora do Evanescence.

Melancolia, medo e amor não correspondido são assuntos q constantemente aparecem em sua música. Você fica triste escrevendo as letras?
Não, eu amo compor. Me completa, é minha grande paixão. Me ajuda a libertar minha mente quando as coisas estão dando errado, quando estou deprimida ou algo ruim acontece. Minha vida não é completamente dramática - mas quando eu consigo usar momentos ruins para criar algo bonito, é uma espécie de cura.
Não ser capaz de compor na turnê me frusta. As vezes eu de repente sinto essa energia criativa que eu tenho de sentar e escrever algo. Então eu escrevo minhas idéias no meu diário, e agora eu tenho um nº infinito de pedaços de texto. É estranho, porque normalmente eu só começo a escrever a letra quando a música já está pronta. Mas não é o bastante para mim. Eu também sinto falta de compor - eu preciso de um piano perto de mim. Eu tenho um pequeno estúdio no ônibus da turnê, mas sempre falta algo. Ou não conseguimos achar em nenhum lugar... é muito complicado. Você tem uma idéia e quer traduzí-la para ação o mais rápido possível, mas antes de você ter essa oportunidade, você esquece.

Vc sente algum tipo de responsabilidade qdo escreve hj em dia? Afinal de contas, vc tem milhões de fãs escutando agora.
Não, isso acaba me encorajando. Eu costumava ser insegura: "o q as pessoas irão pensam? eu posso escrever isso?". Hj eu sou: "legal! as pessoas estão realmente ouvindo!". Eu gostaria de expressar muito mais! Gostaria de falar mais sobre mim! Afinal de contas, temos fãs q querem escutar isso.

Então, mesmo se vc quisesse, vc poderia cantar uma frase "pessoas, se matem!", vc não poderia, certo?
É uma boa pergunta. Eu sempre fui honesta e disse o q eu sentia. Mas eu não direi a ninguém o q fazer. Se eu fosse me suicidar e sentisse necessidade de contar as pessoas, eu o faria. Talvez eu realmente tenha responsabilidade. Mas as letras são minhas coisas mais preciosas, meu playground, o único lugar onde posso ser realmente honesta. Eu não me censuraria.

A algum tempo atrás, vc disse uma pequena sentença q tinha a ver com o acampamento onde vc e Ben se conheceram: "Sentar no canto e tocar o piano era meu jeito de me manter ocupada
Eu não conhecia ninguém no acampamento. Todo mundo estava fazendo amigos. Eu, no entanto, estava com medo q alguém chegasse e dissesse: "Ei, pq vc não vem brincar com a gente?" eu retrucaria "cai fora, me deixe sozinha". Eu não queria eles, só queria ficar sozinha. Por isso eu finjo estar ocupada, assim as pessoas não me interrompem. Por outro lado, o piano era ótimo.

Ben era assim tb?
Não, ele era diferente. Ele conhecia todo mundo no acampamento, até os caras populares. Ele me escutou tocar o piano. Por isso ele venho até mim e conversamos. Nossa relação é mto forte hj, pq somos o oposto e nos completamos. Pessoalmente não podiamos ser mais diferentes, por isso discutimos muito. Mas para o som típico do Evanescence precisamos disso. Você pode sentir os dois poderes na nossa música: os dois são necessários. Talvez nós agimos como irmão e irmã - ou digamos irmã e irmã.

Várias vezes vc criticou o jeito que Christina e Britney se apresentam. O que delas a incomoda?
Eu só quis mostrar meu ponto de vista e não julgar ninguém. Eu tentei entender aquelas garotas e o q há de errado com elas. Eu quero fazer as pessoas pensarem por si mesmas e que elas são apenas elas mesmas. É importante ter auto confiança - especialmente as mulheres. As mulheres são frequentemente inseguras sobre elas mesmas. Elas pensam que t~em de estar perfeitas o tempo todo, parecer com Britney ou Christina e ter um corpo impecável. Isso é o que me incomoda., q esses exemplos estejam sempre perfeitas. Elas mal estão vestidas, são reduzidas a sua sexualidade e fazem as mulheres acharem q tem de perder mais quilos. Essas estrelas passam essa imagem de que vc tem de estar vestida como elas para conseguir algo no mundo ou um homem. Os amigos de muitas garotas sentam e dizem "Hey, ela é gostosa". Hey, apenas seja vc mesma! Se Britney e cia são realmente do jeito q elas fingem ser, o q eu duvido, ai sim é legal. Ai elas não estão fazendo nada errado, apenas tem corpos perfeitos e nenhuma roupa. hahaha

Em geral, elas passam a imagem errada do q é ser uma mulher?
Não há nada errado com a sexualidade. Eu com certeza não sou assexual. Mas sexo não é tudo. Existe mto mais. Me incomoda que Britney e cia. fazem como se estivessem vendendo a solução geral p/tudo, tipo "é assim que as mulheres deveriam ser". Eu quero apenas que as pessoas pensem por si mesmas e não deem ouvidos ao q os outros dizem.

Mas é legítimo usar seu corpo ou sexappeal para ter sucesso?
Só olha: funciona! Mas qual é o preço que vc paga? Vc realmente quer vender sua alma e afundar seu mundo só por dinheiro? Então vc não é nada mais q uma puta!

Na revista adolescence alemã "Bravo" suas declarações não foram realmente mto apreciadas. Eles difamaram vc nas últimas semanas. Vc tem algum problema com isso?
Não, na verdade não. É mto estranho estarmos naquela revistinha pop, na qual eu pensei q nunca deveriamos estar. Qdo gravamos nosso álbum, nunca pensariamos que tivéssemos uma reportagem na Bravo um dia. Mas é ridículo, talvez eles estejam nos difamando, mas não me incomoda, pq eu não os pertenço. Eu fico feliz quando esles colocam minhas declarações, assim as crianças podem lê-las. Só pq sou criticada por eles, não vou mudar minha opinião. Mas eu provavelmente falarei mais alto e calro no futuro.

Onde vc cresceu e onde vc gostaria de morar?
Eu cresci por todo os EUA, pq minha família se mudava mto quando eu era criança. Entre outros eu morei na Flórida, Illinois e Arkansas, onde o Evanescence foi fundado. Eu gostaria de morar em Seattle, eu gosto bastante daquela cidade.

Qual sua pior mania?
Chocolate talvez *risos*? Não, minha pior mania é... Não te conto! Não quero dizer nada sobre isso! *risos* Deixa eu pensar, quais manias ruins são dentro da lei... *pensa sobre isso, olha p/baixo de si mesma e fica chocada* Ops, estou com minha calcinha aparecendo!

Seus pais estão orgulhosos de vc?
Sim, as vezes. Meu pai está mto feliz com nosso sucesso. Ele era um músico também. Eles presta atenção e procura na Internet todo dia tentando encontrar alguma declaração minha. A desvantagem é que eu não consigo esconder nada q digo dele *risos*!

O que vc faria se fosse invisível por um dia?
Correr por ai nua *risada*. E eu ia fazer as pessoas a minha volta acreditarem q fantasmas existem. Ia fazer as coisas levitarem por ai e as pessoas ficarem malucas. Hey, isso é o q todo mundo faria, não é? Cara, eu sou mto infantil... Eu podia ter dito algo útil e com algum sentido - ao invés disso eu disse essas bobeiras...

Qual foi o momento mais embaraçoso da sua vida?
Da minha vida? Eu passo por momentos embaraçosos todo dia! Eu sou tão desajeitada - bato a cabeça nas coisas, bato nas coisas e já fiz vários machucados. Recentemente eu bati numa parede de vidro. Do outro lado tinham pessoas celebrando um casamento e eu tava meio " Olha a noiva, ela não está linda?" - e bam! bati na janela. Foi mto constrangedor! Eu virei perguntando para os meus amigos "Vc acha q alguém viu isso?" e bam: Eu bati nas damas de honra. O problema é: esse tipo de coisa acontece todo dia!

Tem algum tipo de música que vc detesta?
Não, não conheço um genêro que eu odeie completamente. Mas eu nunca fui a festas comuns de dança, que não tem nenhum propósito.

Algum cara já te colocou contra a parede: Ou eu, ou a música!?
Não e eu provavelmente iria terminar com o cara naquele instante. Mas quando eu conheço um cara, eu já digo do começo que música é minha grande paixão. Ainda mais, eu só namoro caras para os quais a música tb é importante - então isso não é um problema.

Vc acredita em Deus?
Absolutamente. Uma pessoa tem de ser mto arrogante para achar q a vida na Terra começou do nada.

Qual a sua missão na Terra?
Meu objetivo é fazer a vida dos meus amigos um pouco mais agradável. Eu gostaria de influenciá-los de uma forma positiva. Se você consegue fazer isso com uma única pessoa, é ótimo. Mas eu gostaria de influenciar qtas pessoas forem possíveis. Eu quero ser feliz e dividir minha felicidade com os outros.

Você se lembra o pior show que já fez?
Teve alguns. As vezes se acorda de manhã e está brava pq algumas coisas não estão caminhando do jeito q vc gostaria q elas estivessem - coisas particulares ou de negócios. Ai vc fica "Eu quero ser eu mesma hj. Não quero subir no palco". Não acontece mto frequentemente, mas acontece as vezes. E a pior parte é: vc sabe q não pode fazer nada sobre isso. Claro, eu nunca cancelei um show e disapontei nossos fãs. Então em dias como esses, eu ainda assim vou ao palco e as vezes eu canto mal. Infelizmente já aconteceu.

Tem algo que vc coleciona?
Brinquedos antigos. Particularmente do final dos anos 70 e começo dos anos 80 - tudo o que me lembra da minha infancia. Eu acredito q há uma forte conexão entre minha infancia e minha arte. Eu sempre tento voltar para onde eu estava com 6 anos. Eu coleciono tudo o q eu tenho lembranças - mesmo se eu não tivesse elas antigamente. Qdo eu comprar uma casa um dia, eu vou fazer um quarto com toda minha infancia e no qual eu possa ficar sozinha.

Qual foi o primeiro album que vc comprou?
"Spellbound" - Paula Abdul e "Get A Grip" - Aerosmith foram os primeiros albuns q comprei para mim. Antes eu tinha uma fita K7 para crianças onde tinham covers por banda como os "Temptations". As séries eram chamadas "The California Raisins". Uma das minha músicas favorita de todos os tempos está naquela fita. Eu ainda escuto essa música qdo não consigo sair da cama de manhã... * começa a cantar uma música antiga do Stevie Wonder * . Infelizmente minha banda nunca concordaria em fazer um cover dela. Então eu terei de pensar em uma parceria com "Huey Lewis & The News". Pq eu os amo tb *risos*.

O q vc acha das drogas?
*risada* Drogas? Não. Faça a vc mesmo um chá saudável! Mas não tome drogas! Eu não vou dizer mais sobre esse assunto...

Amy Lee conversa com fans no EvThreads


Amy passou horas conversando com os fans no Evthreads, na madrugada do dia 6 para 7 de Outubro (de algum ano que eu não sei)


SlovenskaBellao0o:
De qual nacionalidade você é? Burro, eu sei, MAS eu estava apenas curioso. Você não tem muito a aparência do sobrenome "LEE", haha

AMY:
Isso é engraçado. Uma vez recentemente, eu estava no aeroporto e não conseguia encontrar meu motorista em lugar algum. Então eu finalmente liguei pra companhia, e o achei, ele disse que viu meu nome e que estava procurando por uma moça chinesa. Haha! Minha herança genética é em sua maior parte escocesa e inglesa. Mais "interessantemente", Sou uma descendente direta distante de Robert E. Lee. Ele é um "great great great great" (provavelmente mais uns "greats" aqui) uncle.

("Great Uncle" significa Tio-Avô, portanto cada um desses "greats" demonstram que é tio do pai, do pai, do pai... Ou algo assim)

---

GaurdianAngel:
Qual marca de condicionador você usa para seus cabelos?

AMY:
Goldwell é minha marca favorita para coisas de cabelo. Eu uso o shampoo e condicionador, e meu cabelo morreu por causa dos produtos da Goodwell. O nome do condicionador é "karatase." Eu provavelmente soletrei errado.

---

Um fan fez uma pergunta a ela, e na hora que ela ia responder, ela notou o avatar dele, que era uma foto com a banda dividida: Os rapazes indo para um lado, e a Amy indo pro outro. Ao ver isso, ela disse:

AMY:
Mas que coisa, Eu estava prestes a responder sua pergunta, mas eu vi a foto que você colocou aí na esquerda, e ri bem alto- O quanto DIVERTIDO é isso agora? É como se eles estivessem indo para casa. HAHAHA! -desculpa.
O mercado musical só me fez ficar com raiva com o próprio mercado. Qualquer um que diz que ele "me mudou", não me conhece.

Essa é a foto da qual Amy se referia

---

forsaking.mercy:
Você ainda pensa nas músicas que criou para os EP's e Origin? Como você reage quando vê que os fans se apaixonaram (da mesma forma que com o Fallen e/ou The Open Door) com essa música mais velha?"

AMY:
Entendi, eu amei isso também. Eu era OBSECADA com isso na época. É difícil, pois você mesmo é o seu pior crítico e me escuto dizendo "minha mochila preta cheia de sonhos quebrados" e eu quero atirar em mim mesma. Eu seriamente não consigo escutar os versos dessa canção sem dar risada. Mas eu não posso negar que tinha uma mágica nessas primeiras músicas. Cada uma era tão empolgante para nós! Nós estavamos apenas aprendendo que éramos capazes de fazermos nossas próprias músicas favoritas.

---

evanfan1117:
Eu realmente gostaria de perguntar a Amy, qual era o nome original do Evanescence, aquele que eles dizem que era horrivel.

AMY:
Vejamos,
halo machine (minha ideia)
childish intentions (não foi minha ideia)
for the fallen
stricken

Também, pedi para meu irmão e minhas irmãs fazerem uma lista de ideias para o nome de banda enquanto nós pensavamos sobre isso, quem sabe né!! Crianças podem ter idéias geniais.
Meu favorito foi um sugerido pelo meu irmão,"The suffocating wolves" (Os lobos sufocantes).
E minha irmã queria que fosse "The levitating penguins" (Os pinguins levitantes), esse foi realmente hilário! :D

---

jumpershoot:
Qual é seu tipo favorito de torta?
Você ja comprou alguma coisa no e-bay?
Que tipo de carro você dirige?
É estranho ouvir suas músicas na rádio ou se ver na TV?
Posso ter seu autógrafo?

AMY:
- Cereja.
- Sim, rainbow brite dolls.
- Não tenho um, moro em Nova Iorque e não quero pagar uma fortuna para estacionar.
- Pra falar a verdade, Não. É engraçado! Eu fiz alguns comentarios sarcásticos para o programa "I love the 00's" da VH1, mal posso esperar pra ver o tipo de porcarias que eles vão colocar lá. Eu estava tão tonta!
- Não.

---

GaurdianAngel:
Amy cozinha para o Josh? Você sabe, pois todos devem saber, que quando um casal se casa, o marido adquire uns quilinhos a mais!?

AMY:
HAHA! É! Na noite antes de ontem nós tivemos uma festa "Oktoberfest" com um monte de bebida, música alemã, e eu cozinhei. Eu fiz RAD saurkraut, aquilo cozinhou o dia todo, e todos os tipos de wurst, e salada alemã quente de batata, e mini maçãs caramelizadas. Eu amo cozinhar e faço muito quando estou em casa. E sim, ele está engordando.

---

Pirate Dave:
Agora está é uma questão estúpida. Se juntaria à banda LORDI [Se você não conhece eles, são uma banda Finlandesa que se veste inteira como monstros]

AMY:
Lol. Eu me juntaria totalmente ao Lordi. E tocaria keytar. (Teclado em forma de guitarra.)

---

manic:
Oi Amy obrigado por estar aqui. E sobre reality shows? Você faria um?

AMY:
Não!! Realiy TV são apenas pessoas vadias, vadiando uma com as outras. Já tem o suficiente disso na minha vida. A minha não seria interessante, de qualquer forma. Seria eu apenas sentada no comuputador a noite toda. :P

---

nadinetannous:
Coca-cola ou pepsi?

AMY:
Coca-Cola, Pepsi tem gosto de anos 80 :P

Draconian:
Por que você odeia tanto os anos 80?
Não, seriamente. Por quê?

AMY:
Não, eu amo! Pepsi apenas parece bem anos 80. Não sei o motivo.

---

CorpseFeeder:
Q1. Se você pudesse ser qualquer personagem da história da ficção, qual deles seria?

Q2. Dado que o universo é infinito, e a velocidade da luz no vácuo pode ser representada por uma constante, o que você quer para o café da manhã amanhã?

Q3. Quack?


AMY:
1- Elanore (lembra-se daquela música de tocar o coração ao babê pinguim? Lágrimas.)
2- Ovos. Mas eu provavelmente terei outra coisa.
3- Moo...?

---

Ali:
Como se sente tendo 40 e poucas pessoas aqui tentando desesperadamente chamar sua atenção?

AMY:
Apenas vivendo o sonho.

---

E para finalizar, ela escreveu:

AMY:
Bem, foi divertido, ma sisso ja durou muito. Vocês são incríveis. Obrigado por todas as boas perguntas e por tudo o que vocês estão fazendo nas rádios. It rules. Oh, a propósito, eu encontrei essa organização legal chamada "To write love on her arms." (Escrever amor nos braços dela). Eles endereçam um monte de edições que foram compradas pra mim por alguns de vocês através dos anos. Dêem uma olhada no myspace deles. http://www.myspace.com/towriteloveonherarms

Boa noite!

Amor
Amy


Créditos: http://www.amylee.com.br (o antigo Amy Lee Brasil não esta mais no ar)

Copyright © Relíquias do Evanescence - Layout by @ Naldo Ev and Welton from EvShadow